Buscar
  • AV Corporate

Mordida Cruzada: Descubra quais problemas ela pode trazer para sua saúde!

Atualizado: 25 de jun. de 2020

mordida cruzada

Se você sente dores nos dentes sem uma causa aparente ou então tem bruxismo, pode ter a mordida cruzada!

Essa condição costuma ser diagnosticada em crianças, mas pode ter passado despercebida durante essa fase, caso os pais não as tenham levado ao dentista com frequência, por exemplo.

O fato é que quanto antes essa situação for observada, melhor! Assim, você evita que o quadro evolua e cause problemas mais significativos para a sua saúde, como no sistema respiratório e desgaste dos dentes.

Continue conosco e esclareça agora as principais dúvidas que as pessoas têm sobre a mordida cruzada. Vamos lá?


Afinal, o que é a mordida cruzada?


A mordida cruzada é um problema bastante comum e pode ser dividido em diferentes classificações, como anterior, posterior, unilateral e bilateral. Ela também não acomete, necessariamente, toda a arcada dentária, mas sim alguns dentes em específico.

Na verdade, o que se espera de uma mordida (oclusão) ideal, estética e funcionalmente falando, é que ao fechar a boca, a arcada superior esteja se sobrepondo à inferior, estando ligeiramente à frente, de forma que o contato dos dentes inferiores seja exatamente no meio da parte interna dos dentes superiores, como mostra a figura abaixo:

Caso não seja feito o tratamento da mordida cruzada de forma adequada, outros problemas de saúde decorrentes poderão surgir.


Quais são as causas desse problema?


Geralmente esse problema acontece por fatores hereditários de má formação da mandíbula. De tal modo, se você tem esse problema, seus filhos têm chance de herdá-lo.

Além da hereditariedade, alguns fatores externos, como o uso excessivo de chupeta e o hábito de chupar o dedo na infância podem contribuir para a formação de uma mordida cruzada.


Leia também: Limpeza dos dentes: com qual frequência você deve ir ao dentista?


Que consequências a mordida cruzada pode causar?


A mordida cruzada pode trazer diversos problemas de saúde para as pessoas, tais como:

  1. Bruxismo (ato de ranger os dentes);

  2. Perda dos dentes;

  3. Retração da gengiva;

  4. Dores nas articulações;

  5. Problemas na fonação (fala);

  6. Dificuldade para respirar;

  7. Comprometimento da simetria do rosto;

  8. Dificuldade para mastigar os alimentos.

Qual é o tratamento mais indicado para resolver a situação?


Quanto mais cedo se iniciarem os tratamentos para combater a mordida cruzada, mais fácil é de solucioná-la. É por isso que os pais que suspeitam que os filhos pequenos têm a mordida cruzada devem procurar um dentista o quanto antes. De tal forma, os tratamentos poderão ser realizados antes das complicações surgirem.

Geralmente ela é tratada com o uso do aparelho ortodôntico, que realinha os dentes e corrige o posicionamento. Em situações mais graves, como nos adultos com o maxilar totalmente fechado, também pode ser indicada uma cirurgia corretiva. Porém, cada caso é um caso e apenas o cirurgião dentista pode fazer a correta avaliação individual. Em situação de suspeita de mordida cruzada, agendar o atendimento com esse profissional é muito importante. Não deixe o problema se agravar!

#alinhamentodemordida #dentistaemsãobernardo #mordidatorta #ortodontia


Artigo por : Dr. Alexandre L. Alves ( Veja o currículo do profissional )


Compartilhe este artigo nos ícones abaixo e ajude outras pessoas

3 visualizações0 comentário